O que 29 de Maio representou para Educação Física

By | 2 de junho de 2014

Uma manifestação política, ordeira, alegre e pacífica. Estes são os adjetivos que melhor definem o encontro de estudantes e professores de Educação Física no centro do Rio de Janeiro, em apoio a PLC 116/2013 que será votada no dia 03/06/2014. O projeto determina a obrigatoriedade de Professores de Educação Física formados em todas as séries da Educação Básica.

Como movimento político, os professores e estudantes mandaram seu recado: Educação Física na escola deve ser ministrada por profissionais com as credenciais apropriadas a função. O movimento está cada vez mais forte e caminhando para um desfecho promissor.

A positividade das circunstâncias pouco tem haver com mera simpatia colhida ao logo do tempo e da história da nossa profissão. Tem haver com trabalho duro ao longos dos anos e reconhecimento por diversos corpos políticos que veem na Educação Física um caminho de transformação social e político.

E contra fatos, não há argumentos.

Na dia do evento, estavam presentes três candidatos ao governo do estado, um deputado federal e uma vereadora, além de representantes políticos partidários e principalmente do Conselho Regional de Educação Física. Todos prestigiando e oferecendo seu apoio a luta da população.

O Professor de Educação Física Lúcio Rogério Educação Física, representante da categoria junto aos políticos em Brasília, conclui: “Independente da bandeira partidária ou ideológica – precisamos estar juntos nessa questão – que é uma forma de melhorar a formação/conhecimento da população brasileira. Vejam bem – a autoria é do PSDB e a Relatoria do PT – além disso Senadores como Marcelo Crivella do PRB, (isso para continuar só com parlamentares do nosso RJ), estão defendendo a aprovação do Projeto. Está na hora de se garantir melhores condições para que nossas crianças possam ser cidadãos mais completos em futuro próximo! O Próprio Lindbergh já informou ao seu Governo Dilma o erro. Nossa esperança é que a Presidente Dilma perceba o erro de seus Assessores para Educação e corrija o rumo dessa situação. Educação Física na Escola, a qualidade de vida melhora!”

Sim, a luta é da população! Os Professores de Educação Física, fazendo coro aos demais profissionais da Educação, colocaram seu posicionamento de cidadão à serviço do interesse da coletividade. Defenderam a população com as armas que possuem: inteligência, carisma, educação, formação acadêmica e muita disposição para trabalhar em prol daqueles que precisam de qualidade de vida, saúde e bem-estar promovidos no âmbito escolar.